Criar com Tecidos: Colchinha de retalhos para o berço e as memórias da vovó

UOL

Colchinha de retalhos para o berço e as memórias da vovó

Eu ainda me lembro de minha avó fazendo quadradinhos de trcô nas cores azul e branco para emendá-los em uma colchinha de berço para meu filho que hoje tem 32 anos e na ocasião estava ainda aninhado dentro de mim.
O mais interessante é que suas prendas eram outras, quituteira de mão cheia, sua vocação era gastronômica, fazia banquetes divnos, sobremesas magníficas, suas mãos eram mágicas, e nós, os netos, amávamos quando ela cozinhava para nós.
Com a velhice ficou difícil  a vida da quituteira, então o jeito foi aprender a fazer tricô – ela sabia apenas o ponto meia e o ponto tricô – para não ficar parada, sem fazer nada, à toa, como usava dizer para nós que a escutávamos com o coração apertado.

Ao ver essa colchinha de retalhos lembrei de minha avó: certamente ela faria uma assim para um de seus bisnetos, cortaria caprichosamente cada pedacinho de tecido e os emendaria à mão, pacientemente, até formar uma coberta bonitinha como aquela de duas cores em tricô que hoje está guardada a sete chaves por meu filho.
São lembranças tão gostosas, saudades da minha avó, ela me ensinou que não existem limites e dificuldades que nos impeçam de realizar – ou pelo menos tentar – nossos projetos. No final de sua vida seu desafio era manter-se ocupada, trabalhando, fazendo alguma coisa que lhe trouxesse alegria, pois eram muitas as limitações que a impediam de fazer tudo o que gostaria e a que estava acostumada .

Então, meninas que se sentem atraídas por costurar, mas ainda não encontraram coragem de começar, por que não dar o primeiro passo agora com essa coberta de retalhinhos que é uma gracinha?

Colcha de berço

Clique na imagem para aprender como se faz a colchinha de berço.